6 tipos de conteúdo que você não pode ignorar se quiser vender na internet

COMPARTILHE

6 tipos de conteúdo que você não pode ignorar se quiser vender na internet

Vender é uma arte, mas vender mais é um exercício diário que nem todo mundo está pronto ou disposto a fazer; mas com esses 6 tipos de conteúdo tenho certeza que você vai pensar diferente.

Meu primeiro emprego foi como representante comercial de uma distribuidora de cosméticos, e depois de alguns anos eu tive uma outra experiência com vendas na área de medicamentos e produtos hospitalares.

Sabe o que eu aprendi nesses empregos?

Eu não tinha que vender cada produto, mas explicar da melhor forma possível os produtos e seus benefícios, e se o cliente entendesse ele comprava.

As pessoas não decidem pela compra apenas porque o produto é bonito, ela gosta, está na promoção ou porque o vendedor e simpático e bonito.

Toda decisão de compra envolve razão e emoção, então é importante equilibrar bem as informações que você compartilha e a abordagem que faz para conseguir vender mais.

Hoje as vendas não estão restritas aos representantes comerciais ou aos comerciais de TV. A internet ganhou um papel de relevância e as redes sociais se tornaram um canal de vendas com grande potencial de resultados.

A internet em geral e as redes sociais possuem uma coisa em comum no que diz respeito a vendas: conteúdo.

Na ausência do representante comercial, o conteúdo é o responsável por desempenhar esse papel.

É através dele que você vai educar e informar o seu público, e assim ter a oportunidade de vender mais.

Porém é preciso criar conteúdo de qualidade e valor, que esteja alinhado com o produto e as necessidades do público, caso contrário não surtirá efeito.

A seguir vou listar 6 tipos de conteúdo de vendas que vão ajudar o seu negócio a alcançar o público de acordo com o momento em que ele se encontra na jornada de compra.

Isso é pra você

Nesse tipo de conteúdo você vai abordar os problema do seu púbico, as dores, aquilo que incomoda e tira o sono.

Você vai ajudar o público a identificar que possui um problema, a descobrir qual é esse problema e mostrar que você pode ajudar e que possui uma solução.

A vantagem desse tipo de conteúdo é que você atinge todo o público, independente do momento que ele se encontra na jornada de compra.

Se com esse conteúdo você não vender de primeira, não se preocupe, pois ele também tem uma segunda função: tornar o público mais consciente do problema.

E com isso você pode utilizar os outros tipos de conteúdo para alcançar esse público em um outro momento, e ter novas chances pra vender mais.

Ampliando a visão

Esse tipo de conteúdo de vendas fala com um público que já sabe que tem um problema mas está perdido em uma lista de soluções que não ficarão claras para ele.

Ao criar esse tipo de conteúdo você deve combinar:

  • imagens atraentes e que estejam conectadas ao produto
  • uma promessa real e forte
  • provas sociais à altura da promessa
  • benefícios fortes o suficiente para promoverem o produto na mente do público

Combinando esses itens você terá um conteúdo de vendas mais profundo, que alcança a fatia de público que está com uma propensão de compra maior, mas que ainda precisa de informações mais relevantes para realizar a compra.

Você pode explorar esse tipo de conteúdo em vídeos promocionais, páginas de vendas e até publi editoriais.

Desafiando medos

Já foi provado cientificamente de que um dos fatores que levam as pessoas a decidirem pela compra é o medo de perder.

Explorar esses medos é uma excelente forma de alcançar o público e vender mais. E uma coisa é certa, todo mundo tem algum medo capaz de influenciar em alguma decisão de compra.

Nesse tipo de conteúdo, você fala mais sobre os medos que o seu público possui e menos do produto em si.

Quando você chegar a falar do produto será relacionado aos benefícios dele e de uma forma que amenize os medos do seu público.

Um boa forma de criar esse tipo de conteúdo é direcionando mais para o emocional do que para o racional, trazendo um conteúdo mais humanizado e menos comercial.

Prova Social

Você pode ter o melhor produto do mercado, mas se ninguém diferente de você disser isso, o público ficará desconfiado.

Criar conteúdo de venda tendo como base provas sociais é uma excelente forma de fortalecer o produto e também sua autoridade.

As provas sociais também são importantes para complementar as promessas que você faz em relação ao seu produto.

Vamos supor que você esteja vendendo um produto para emagrecimento. Se você disser que é possível emagrecer 20kg por mês usado esse produto e não apresentar provas disso, o público pode ficar desconfiado.

Mas quando você apresenta as provas sociais essa desconfiança vai se transformando em desejo de compra.

Lembre-se sempre que quanto maior a promessa em relação ao produto, mais forte deverão ser as provas sociais.

6 tipos de conteúdo - prova social

Autoridade

Esse tipo de conteúdo tem um grande potencial de venda, pois uma boa parte das pessoas gosta de comprar de quem tem experiência no mercado, e isso não está relacionado apenas à prestação de serviços, se estende a produtos diversos.

O conteúdo de autoridade além de ser útil para quebrar objeções também é muito útil para você contar sua relação com o produto e com o mercado no qual ele está inserido.

Você pode utilizar esse conteúdo a qualquer momento na jornada de compra e ainda pode utilizá-lo como conector com outros tipos de conteúdo de vendas que foram apresentados.

Mas atenção, o conteúdo de autoridade é para ajudar você a vender mais e não para se mostrar superior. Cuidado com a forma que esse tipo de conteúdo será criado para não soar como arrogante ou prepotente.

Você pode utilizar suas participações em eventos, encontros com outros profissionais conceituados, matérias publicadas em jornais e revistas especializados do seu seguimento de mercado, conteúdo que você criou e publicou em outros sites.

Tudo que ajuda seu público a te enxergar como um especialista e autoridade no assunto pode se tornar um conteúdo de vendas com grande potencial, mesmo que de forma indireta.

Venda Direta

É quando você diz ao público exatamente o que está vendendo e já faz a oferta.

Nesse tipo de conteúdo você não constrói um contexto nem explora de forma profunda os benefícios, muito menos fica tentando convencer o público e quebrando objeções.

Um bom exemplo de conteúdo de venda direta são as propagandas das lojas na televisão e em anúncios nas rede sociais.

Elas falam apenas qual é o produto, quanto ele custa e qual a forma de pagamento.

O melhor momento para usar o conteúdo de venda direta é quando o público já está preparando para compra, aguardando apenas você dizer que tem algo para ele.

Você também pode usar o conteúdo de venda direta em ações de remarketing em redes sociais, mostrando a oferta para quem visitou a página do produto mas não efetuou a compra.

Porque usar esses tipos de conteúdo

Esses tipos de conteúdo se encaixam dentro da jornada de compra do usuário e também dentro dos níveis de consciência que existem em todas as pessoas.

Não adianta nada você fazer uma oferta usando um conteúdo de venda direta para um público que nem sabe que tem um problema, muito menos que existe solução para ele.

Como você não pode deixar de vender, é importante saber que tipo de conteúdo de venda utilizar de acordo com o momento do seu público, assim você consegue ser mais natural no processo de venda, e mesmo que não venda, conquista o público.

Agora que você já conhece 6 tipos de conteúdo de vendas que vão ajudar o seu negócio, chegou a hora de colocar em prática e em breve colher os frutos desse trabalho.

Quero te convidar a ler também o artigo “Níveis de conteúdo: como utilizá-los na sua estratégia de marketing” ele vai ajudar você a criar conteúdo que não está relacionado apenas a vendas.

Se você gostou desse conteúdo, no meu Instagram tem muito mais sobre criação de conteúdo para quem cria conteúdo. Clique aqui e conheça!

Sobre o autor

Jonathan Lamim

Jonathan Lamim

Designer de Conteúdo especialista na criação de estratégias e conteúdos para canais digitais. Escritor profissional com 4 livros publicados e criador do ConteúdoCast, um podcast sobre conteúdo pra quem cria conteúdo.

VOCÊ PODE GOSTAR

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar pelo site, você concorda com tal monitoramento.

Cookie settings

Below you can choose which kind of cookies you allow on this website. Click on the "Save cookie settings" button to apply your choice.

FunctionalOur website uses functional cookies. These cookies are necessary to let our website work.

AnalyticalOur website uses analytical cookies to make it possible to analyze our website and optimize for the purpose of a.o. the usability.

Social mediaOur website places social media cookies to show you 3rd party content like YouTube and FaceBook. These cookies may track your personal data.

AdvertisingOur website places advertising cookies to show you 3rd party advertisements based on your interests. These cookies may track your personal data.

OtherOur website places 3rd party cookies from other 3rd party services which aren't Analytical, Social media or Advertising.