fbpx

A diferença entre criar e produzir conteúdo

A diferença entre criar e produzir conteúdo

Antes de começar preciso dizer que o texto que você lerá abaixo foi inspirado por uma postagem da Beatriz Prieto em seu LinkedIn e me fez refletir sobre o a diferença entre criar e produzir conteúdo e o quanto isso impacta aqueles que o consomem.

Voltemos a 1913…

Para entender melhor a diferença quero voltar ao ano de 1913, quando Henry Ford colocou em funcionamento a linha de produção na fábrica da Ford.

Um dos grandes problemas da época era produzir uma quantidade maior de automóveis devido a todos os processos envolvidos.

Então Henry Ford desenvolveu a linha de produção ou linha de montagem, onde vários operários especializados em várias funções utilizavam máquinas para trabalhar de forma sequencial na produção de toda a estrutura dos automóveis.

Imagine que as peças vinham em uma esteira e a cada grupo de operários elas iam sendo posicionadas dando “vida” à estrutura de cada automóvel.

No final da esteira, o automóvel estava praticamente pronto.

Mas o que isso tem a ver com a diferença entre criar e produzir conteúdo?

Criar e produzir conteúdo tem tudo a ver com a linha de produção desenvolvida por Henry Ford.

Para um automóvel entrar na linha de produção, ou seja, ser produzido e comercializado, antes ele precisou ser criado.

Todo o conceito do carro foi desenhado, as especificações foram definidas, muitas pesquisas e estudos foram realizados.

Isso deixa muito claro que…

…criar não é produzir

Criar está relacionado a dar vida, tornar real algo inexistente até então. Produzir está mais ligado à automação, dar escala a uma criação, ou seja, multiplicar algo já existente.

O processo criativo exige tempo, estudo, dedicação, enquanto para produzir basta ter os equipamentos certos.

Quem utiliza as redes sociais para entregar conteúdo para seu público com certeza já ouviu algo do tipo: “Você tem que publicar conteúdo todos os dias senão seu público esfria e vai embora”.

Isso pode até fazer algum sentido, mas de que adianta publicar conteúdo todos os dias se esse conteúdo não gera valor para o público, se ele não é relevante o suficiente para as pessoas interagirem com ele?

Seu público quer ver conteúdo criado por você e não apenas uma produção em larga escala que muitas das vezes não faz sentido algum.

Não se torne um escravo do conteúdo

Hoje em dia o conteúdo é fundamental para o processo de vendas e isso tem produzido muitos escravos do conteúdo.

Os escravos do conteúdo são aqueles que passam o dia todo produzindo conteúdo para publicarem em seus canais digitais e não têm tempo para analisar os resultados que esse conteúdo está gerando.

Têm menos tempo ainda para estudar o público, entender suas dores, desejos e dúvidas e com isso criar conteúdos que esse público realmente quer consumir.

Seja como Henry Ford

Henry Ford criou uma estrutura que permitiu à indústria automotiva produzir carros com uma velocidade muito maior, ou seja, sua criação foi fundamental para ajudar outras pessoas a alcançarem resultados.

Crie conteúdos capazes de ajudar as pessoas, ao invés de produzir conteúdo todos os dias, foque em criar conteúdos de alto valor para seu público.

O público está sedento por conteúdos relevantes que os ajudem a sair do lugar, que dêem algum tipo de direção, que solucionem dores e problemas.

Criar conteúdo vai permitir a você entregar mais ao seu público do que se estiver apenas produzindo para ter o que postar todo dia.

Se esse conteúdo fez sentido para você, deixe seu comentário, avalie e compartilhe com seus contatos.

P.S: Para ver o post da Beatriz Prieto que inspirou esse texto, basta clicar aqui.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x