Muitas pessoas dizem que são eficientes, outras que são eficazes, mas será que elas sabem qual é a diferença entre eficiência e eficácia e o quanto cada uma afeta os resultados?

Antes de começar a falar sobre o impacto da eficiência e da eficácia nos resultados é preciso ter consciência do que de fato cada uma delas representa.

  • EFICIÊNCIA: fazer bem-feito
  • EFICÁCIA: fazer bem feito o que precisa ser feito

Para ilustrar essa diferença vou compartilhar com você uma história antiga que ocorreu nos Estados Unidos quando a indústria de geladeiras começou a operar.

Eficiência e eficácia na indústria de geladeiras

Segundo contam, sempre que uma família comprava uma geladeira nova, eles deixavam a antiga no porão da casa e as crianças a utilizavam para brincarem de se esconder dentro da geladeira.

Acontece que as geladeiras antigas possuíam uma grande trava na porta, que fazia parte do seu sistema de fechamento, e quando fechada só era possível abrir pelo lado de fora. Devido a esse sistema de fechamento e às brincadeiras das crianças, uma série de acidentes ocorreu porque às vezes as crianças se escondiam na geladeira e a porta batia, deixando as crianças presas e se ninguém as encontrava, acabavam morrendo asfixiadas.

Por conta desses acidentes a indústria se mobilizou e criou projetos onde a trava da porta da geladeira também pudesse ser aberta por dentro, porém os projetos ficaram caros demais, assim como sua implementação, mas valeria a pena se fosse para evitar novos acidentes e salvar vidas.

As equipes envolvidas estavam se mobilizando com muita eficiência para realizar um trabalho de qualidade, capaz de gerar resultados positivos e solucionar o problema dos acidentes.

Em um determinado momento um funcionário da linha de produção que observava toda a movimentação relacionada ao novo projeto chamou um dos engenheiros responsáveis e perguntou: “Por que vocês não colocam um imã na porta da geladeira? Assim, se alguém ficar preso, basta empurrar a porta com os pés.”

Esse funcionário foi de uma eficácia sem tamanho, resolvendo todos os problemas, desde evitar os acidentes a reduzir os custos de projeto e produção.

Como tem sido na sua vida: você tem sido eficiente ou eficaz?

Como a eficiência e a eficácia afetam os resultados

Para alcançar bons resultados se deve estar atento ao que precisa ser feito, e não apenas a fazer bem-feito, pois você pode estar fazendo algo muito bem-feito que não contribui para o resultado que deseja.

Os resultados acontecem quando se sabe exatamente o que fazer, a direção a seguir e então as ações são direcionadas para fazer bem-feito o que precisa ser feito, ou seja, há eficácia no processo.

Ser eficiente pode até gerar resultados, mas ser eficaz com certeza gera resultados ainda melhores.

Eficiência, eficácia e produtividade

Uma pessoa eficiente passa a maior parte do tempo ocupada, enquanto uma pessoa eficaz é produtiva.

Podemos dizer que eficácia e produtividade caminham lado a lado, pois uma pessoa produtiva é aquela que faz exatamente o que precisa ser feito para alcançar o resultado desejado e se ela escolhe fazer isso bem-feito, então ela pode ser chamada de uma pessoa eficaz-produtiva.

Não tem como ser produtivo sem ser eficaz, uma coisa está diretamente ligada à outra, caso contrário será como os projetistas das geladeiras com sistemas de fechamento que podiam ser acionados por dentro e por fora.

Mantenha seu foco em ser eficaz, em fazer bem-feito o que precisa ser feito e você verá os resultados no tempo certo.

Toda pessoa eficaz é eficiente, mas nem toda pessoa eficiente é eficaz!